Maio Roxo – Como a DII pode ser tratada?

Dando continuidade às informações sobre doença inflamatória intestinal no mês de sua conscientização – Maio Roxo – hoje preparamos uma publicação sobre o tratamento da DII. Por serem doenças crônicas, tanto a Doença de Crohn quanto a Retocolite Ulcerativa requerem tratamento a longo prazo.  O tipo de medicação vai depender da gravidade da doença, da…

Maio Roxo: mês de conscientização sobre as doenças inflamatórias intestinais

Durante o mês de maio, a Gastroclínica Cascavel, juntamente com a Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP) e outras Sociedades que se dedicam às doenças do aparelho digestivo – como Grupo de Estudos da Doença Inflamatória do Brasil (GEDIIB), Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (Sobed) e Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva (CBCD) –…

Setembro Verde: Câncer Colorretal e a Doença Inflamatória Intestinal (DII)

O câncer colorretal está entre as formas mais comuns de câncer no mundo. Considerando-se este quadro alarmante, é importante conscientizar as pessoas sobre os fatores de risco para evitar este tipo de câncer e, em alguns casos, permitir um diagnóstico precoce.  Para os pacientes portadores de DII, há uma preocupação a mais. Ser portador de…

Maio Roxo – ABCD promove ‘Jornada do Paciente’

A ABCD – Associação Brasileira de Colite Ulcerativa – promove ‘A Jornada do Paciente’, uma pesquisa quantitativa online com pacientes que sofrem de DII, para entender qual o impacto da DII na vida das pessoas, seja ele impacto na saúde física, mental, financeira e emocional. O questionário demora apenas 15 minutos para preencher, e pode…

Maio Roxo – Doenças inflamatórias intestinais surgem da interação de quatro fatores fundamentais; entenda

A doença inflamatória intestinal (DII) pertence a um grupo de doenças inflamatórias crônicas, de causa desconhecida, que envolve o aparelho digestivo. Pesquisa recente realizada no Brasil revela o comportamento das pessoas diante dos principais sintomas das DIIs: no caso de dor abdominal, 46% se automedicam; se têm diarreia frequente, 61% também fazem uso de remédios…